Últimas

Assassinato do cobrador: o ódio que cega e os irresponsáveis que ninguém vê

Whats App Expressão Sergipana
Foto: Dyego de Jesus/Ônibus Brasil

Na última semana, Sergipe foi possuído pelo ódio. O fato utilizado para propagação desse pérfido sentimento foi o assassinato de David Jonathan Barbosa, cobrador de ônibus, por um adolescente durante assalto em Aracaju. Mais uma vez, falou-se sobre a necessidade de pena de morte ou de reduzir a maioridade penal para que o algoz sofresse as penalidades máximas. Vimos fotos de adolescentes em jornais e redes sociais, além de linchamentos de jovens acusados de roubos.

Tudo é ódio. A televisão, o rádio, as esquinas, as conversas, enfim, tudo exala ódio. E quem seriam os responsáveis? A resposta está na ponta da língua: os adolescentes impunes. Em poucas horas, a polícia apreendeu o assassino confesso e sua responsabilização está encaminhada. Acontece que a cegueira odienta não permitiu à sociedade também observar aqueles que, apesar de culpados, sequer serão responsabilizados publicamente pelo acontecido: a empresa de ônibus (Viação Atalaia) e o Município de Aracaju.

De acordo com o sindicato da categoria (SINTRA), até junho desse ano foram cerca de 1.049 assaltos a ônibus em Aracaju. Em diversas reuniões, o empresariado comprometeu-se em ofertar mais segurança aos trabalhadores, sem que isso ocorresse na prática. A negligência com a segurança é tamanha que as imagens distorcidas das câmeras ensejaram a disseminação equivocada e criminosa de fotos de outros jovens em redes sociais e jornais, colocando em risco a vida de quem sequer estava envolvido no crime.

De eventos imprevisíveis, os assaltos passaram a fazer parte do itinerário. Não são poucos os usuários traumatizados e os rodoviários que adquirem doenças psíquicas em razão dessa insegurança. Com esse cenário, a omissão escancarada quanto à proteção dos empregados e dos usuários não caracterizaria a culpa dessa empresa prestadora do serviço público, inclusive considerando os repetidos assaltos registrados na linha em que David Jonathan foi assassinado (comprovada por uma simples busca na internet: “linha 080 Bugio/Atalaia”)? Ou ouviremos em silêncio o empresariado fazer acusações genéricas à suposta “impunidade dos adolescentes” ou omitindo-se do dever de prestação adequada do serviço e de proteção dos trabalhadores? Ora, o dever de segurança é do Estado – que também deveria assumir sua responsabilidade pela omissão, considerando as reiteradas ocorrências registradas pela própria Secretaria de Segurança Pública naquela linha[1] –, mas não só dele.

Quanto à responsabilidade do Município de Aracaju, vale acrescer mais uma pergunta: a planilha da tarifa do transporte, enviada por João Alves e aprovada pela Câmara Municipal de Vereadores, inclui os gastos com seguranças somente com a finalidade de aumentar o valor da tarifa ano a ano e, indiretamente, financiar campanhas eleitorais? Afinal, a Lei Municipal 1.765/91 (que trata sobre a planilha) menciona que dentre os gastos com pessoal está incluído o gasto com seguranças.

As respostas mais fáceis a essas perguntas são aquelas nutridas pelo ódio: nega-se tudo e põe a culpa no adolescente. Acontece que ele, até agora, é o único em vias de ser responsabilizado pelo Judiciário. Aliás, importante ressaltar que a Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça afirma que somente 0,5% dos homicídios ou tentativas de homicídio são cometidos por adolescentes, o que demonstra que a proposta de redução da maioridade é uma panaceia que jamais ajudaria a resolver o problema da segurança. Difícil mesmo é responsabilizar os eternos irresponsáveis; esses, sim, sempre impunes.

[1] Exemplos de ocorrências registradas na mesma linha, muitas delas extraídas do próprio site da SSP/SE: <http://www.ssp.se.gov.br/modules/news/article.php?storyid=4860>; <http://187.17.2.177/seguranca/modules/news/article.php?storyid=5401>; <http://www.jornalaribenoticias.com/noticias.aspx?id=6994>;  

Camisetaria

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s